A morte do Acontecimento / The Happening's death


                                                                The Happening's death


From a social oriented public art work, intended to offer space and visibility for those artists without access to institutional art galleries and museums, the Happening was appropriated by curators and academic bureaucrats, monetized among the powerful and transformed into a vehicle of self-promotion to few.

A partir de uma obra de arte pública de cunho social, destinada a oferecer espaço e visibilidade para aqueles artistas sem acesso a galerias de arte e museus institucionais, o Acontecimento foi apropriado por curadores e burocratas acadêmicos, monetizado entre os poderosos e transformado em um veículo de autopromoção para poucos.



                     Aqui Jaz o Acontecimento, Stencil, Funarte/Brasilia,  RCBarreto2018. (Photo:RCB)



The feudal character of the Brazilian art regime is exemplified by the way the Happening was appropriated, "re-significated", and used as a mean of silencing opposing voices.

O caráter feudal do regime de arte brasileiro é exemplificado pela forma como o Acontecimento foi apropriado,"resignificado" e usado como meio de silenciamento.


           Aqui Jaz o Acontecimento, Stencil, Visual Arts Institute/UnB/Brasilia, RCBarreto (Photo:RCB)

                       

                                                                 (Photo:RCB)


    Closed, Poster, Art Institute, UnB/Brasilia, RCBarreto (Photo:RCB)

Structural racism, colonial practices, epistemological violence, the story of the Happening reflects the eurocentric and excludent character of the Brazilian Visual Arts elite.

Racismo estrutural, práticas coloniais, violência epistemológica, a história do Acontecimento reflete o caráter eurocêntrico e excludente da elite das artes visuais brasileira.

                                Aqui Jaz o Acontecimento, Stencil, Funarte/Brasilia, RCBarreto2018 (Photo:RCB)


Those who control the public funding for the arts in the Brazilian Art Regime are in strict relation to those practicing epistemic violence. Academics and bureaucrats maintain throughout the Art system, the colonial scheme upon which the most unequal society of the planet is built.

Quem controla o financiamento público das artes no regime de arte brasileiro está em estreita relação com
quem pratica violência epistêmica. Acadêmicos e burocratas mantêm em todos os sistemas de Arte o esquema 
colonial sobre o qual se constrói a sociedade mais desigual e violenta do planeta.

                Aqui Jaz o Acontecimento, Stencil,Galeria dos Estados, FADM students, Brasilia, RCBarreto2018 (Photo: FADM )

   

What is the role of art in a country devastated by necropolitics? It makes sense to reproduce a curatorial market logic in academic art education using public funds? Who are the real beneficiaries of the Art Regime in Brazil?

Qual é a função da arte num país devastado pela necropolítica? Faz sentido reproduzir uma lógica de mercado 
curatorial na arte-educação universitária e ainda usando dinheiro público? Quais são os verdadeiros beneficiários do Regime de Arte do 
Brasil?